Visão completa da Farmácia açoriana
21 Set'18 | Açores

Visão completa da Farmácia açoriana

Graciosa, Flores e São Miguel foram as ilhas visitadas neste terceiro Roteiro Farmacêutico na Região Autónoma dos Açores. Nas duas primeiras, os dirigentes da OF constataram a relação de proximidade entre farmacêuticos e população; em Ponta Delgada, visitaram a maior Unidade de Saúde de Ilha do arquipélago, presidida pela farmacêutica Teresa Luciano, confirmando também o importante papel destes profissionais de saúde nos cuidados de saúde primários.

[A bastonária da OF esteve acompanhada neste Roteiro Farmacêutico pela presidente da Secção Regional do Sul e Regiões Autónomas, Ema Paulino, pelo presidente da Secção Regional do Norte, Franklim Marques, e pela presidente da Delegação Regional dos Açores, Margarida Martins]

Estavam apenas a faltar três ilhas açorianas para completar o Roteiro Farmacêutico pelo arquipélago. Pela sua dimensão, pelo facto de não ter farmacêuticos residentes, mas apenas um posto de medicamentos sob a dependência da farmácia situada nas Flores, a ilha do Corvo acabou por ficar de fora deste percurso, que teve sempre como objetivo primordial incluir e envolver os colegas das diferentes ilhas, aproximando-os da instituição que os representa.


USI GRACIOSA

O Roteiro realizado entre os dias 19 e 21 de setembro começou na ilha Graciosa, com uma visita à respetiva Unidade de Saúde de Ilha (USI). O anúncio, na véspera, da nomeação de um novo Conselho de Administração pelo Governo Regional não alterou o programa da visita, que esteve centrado na atividade desenvolvida no serviço de farmácia.


A USI da Graciosa, a par da USI do Pico, são as duas únicas USI sem colaboradores farmacêuticos no seu quadro, facto que a bastonária sublinhou no último encontro que teve com o secretário Regional da Saúde, em maio deste ano, mas que, lamentavelmente, continua por resolver, ao contrário da USI de Santa Maria, para onde já foi contratado um farmacêutico.

A técnica de farmácia que assume responsabilidade pela área do medicamento na USI Graciosa, Natacha Cordeiro, explicou aos dirigentes da OF as particularidades desta unidade, que serve uma população maioritariamente idosa, e que vive um problema transversal a outras unidades de saúde do arquipélago: a instabilidade do corpo clínico.

Durante a visita ao armazém, os responsáveis da OF ficaram a conhecer o circuito do medicamento, o processo de aprovisionamento e distribuição para os diferentes serviços, entre os quais o serviço de internamento, que, pese embora a baixa ocupação, conta com 16 camas.

Durante esta visita, foi dada particular ênfase à prescrição e dispensa de medicamentos em regime de ambulatório a doentes oncológicos e renais, por exemplo, que trazem a medicação dos hospitais onde fazem os seus tratamentos – Hospital da Horta ou Hospital de Santo Espírito, na Terceira.



FARMÁCIA GRACIOSA

A visita à ilha Graciosa incluiu ainda passagem pela Farmácia Graciosa, a única farmácia numa ilha com cerca de cinco mil habitantes, e que abriu há cerca de dois anos, após processo atribulado que levou ao encerramento da antiga farmácia. O farmacêutico Carlos Brum assume a direção técnica, dando seguimento a uma tradição familiar que é evidente no trato e na relação com a população, quer na farmácia quer no percurso realizado com os dirigentes da OF pelas ruas de Santa Cruz da Graciosa.

Por se tratar de uma farmácia recente, a Farmácia Graciosa apresenta instalações e equipamentos modernos, em tudo semelhantes a outras unidades situadas em grandes centros urbanos. Carlos Brum reportou também dificuldades na contratação de recursos farmacêuticos para a ilha, embora disponha agora de uma colega farmacêutica. Em conjunto, desempenham uma função social de enorme relevância para a população local, promovendo a literacia em saúde, a educação para a saúde e a adesão à terapêutica, entre outras ações no domínio da Saúde Pública.


USI FLORES

O segundo dia do Roteiro teve como destino a ilha das Flores, onde a respetiva USI e a Farmácia Misericórdia são vizinhas, justificando assim uma relação de proximidade e cumplicidade que ajuda a ultrapassar problemas quotidianos. A farmacêutica Marisa Mendes coordena as atividades desenvolvidas no serviço de farmácia da USI; o farmacêutico Eduardo Freitas assume a direção técnica da farmácia, que é propriedade da Santa Casa da Misericórdia.

Na visita à USI, a bastonária foi recebida pela presidente do Conselho de Administração, Carla Nóia, que descreveu as valências da unidade, bem como a relação com a ilha do Corvo. A USI das Flores tem quatro médicos residentes, o que garante desde logo uma boa cobertura assistencial, mas a fixação de profissionais é, ainda assim, o grande desafio elencado pelos responsáveis. A USI das Flores procura encurtar distâncias geográficas com a disponibilização de consultas de telemedicina na área da cardiologia, por exemplo, mantendo contacto próximo com especialistas que estão nos hospitais da Horta, em São Miguel e na Terceira.

Na atividade da farmácia, o maior desafio reportado pela farmacêutica está relacionado com o isolamento e o rigor necessário na gestão de stocks. As condições atmosféricas afetam o tráfego aéreo e o barco só chega às Flores de 15 em 15 dias, pelo que qualquer situação extraordinária pode ter importantes repercussões nos cuidados prestados.

A USI das Flores tem 16 camas para internamento, três para os cuidados continuados e outras tantas para os cuidados paliativos e duas para a pediatria. Esta capacidade responde às necessidades na maior parte do ano, mas o aumento do turismo na ilha e o impacto do inverno junto das populações mais idosas, originam picos de afluência que os responsáveis procuram resolver da melhor maneira. As evacuações para os hospitais de referência são o quotidiano desta e de muitas outras ilhas açorianas, que requerem a definição de prioridades que, em muitos casos, são mal-entendidas pela população.


FARMÁCIA DA MISERICÓRDIA

Logo à saída da USI das Flores situa-se a Farmácia da Misericórdia, dirigida por Eduardo Freitas há mais de 20 anos. Este farmacêutico elogia a autonomia e liberdade na gestão da farmácia que é concedia pela Santa Casa, facto evidente nas obras e melhoramentos que foram sendo realizados ao longo dos anos. Também nas Flores, a farmácia comunitária apresenta um espaço moderno, com gabinete de atendimento personalizado, amplo espaço para armazenamento e laboratório para preparações magistrais.


É a única farmácia na ilha, mas conta com dois postos de medicamentos: nas Lajes das Flores e na ilha do Corvo, ambos com horários alargados. O quadro de pessoal da farmácia inclui outro colega farmacêutico e uma técnica com formação em enfermagem, o que potencia a prestação de serviços diferenciados que são valorizados pelos utentes.

Durante a visita dos dirigentes da OF, o diretor técnico relatou o conjunto de ações e iniciativas que organiza em parceria com a Câmara Municipal e com a Escola local, como ações de sensibilização e prevenção nas áreas da diabetes, da toxicodependência ou da proteção solar).


USI SÃO MIGUEL

A última etapa deste terceiro Roteiro Farmacêutico nos Açores passou pela ilha de São Miguel, para uma visita à USI de São Miguel, atualmente presidida pela farmacêutica Teresa Luciano. Com sede no Centro de Saúde de Ponta Delgada, esta USI integra outros quatro centros de saúde, abrangendo mais de 150 mil utentes.

A bastonária e restantes dirigentes da OF foram recebidos no Conselho de Administração, onde estiveram também os colaboradores farmacêuticos Tiago Costa e Pedro Soares, que descreveram as atividades desenvolvidas nesta estrutura de saúde e a organização do serviço prestado pela farmácia. Os dois colegas apresentaram as instalações e o pessoal, sublinhando a responsabilidade pela gestão da utilização dos medicamentos e outras tecnologias de saúde em vários pontos da ilha, nos diferentes centros de saúde, onde existem armazéns avançados.

Esta organização obriga a visitas semanais a todos os centros de saúde para avaliar condições de armazenamento e necessidades de reposição de stock.

A USI está situada nas imediações do Hospital do Divino Espírito Santo, o que facilita uma colaboração estreita com os seus profissionais, designadamente com o Serviço Farmacêutico, sendo frequente a partilha e disponibilização de medicamentos com pouca utilização na USI.

O tema da Carreira Farmacêutica esteve também em análise, tendo a bastonária recordado as conversações com o Governo Regional para transposição deste novo enquadramento profissional para o Serviço Regional de Saúde.

A bastonária lembrou também o trabalho em curso na OF para apresentação de uma proposta de integração dos farmacêuticos nos cuidados de saúde primários, na qual vão estar certamente contemplados os farmacêuticos açorianos que trabalham nas USI.

O Roteiro Farmacêutico terminou com a primeira iniciativa organizada pela OF para assinalar o Dia do Farmacêutico. O Hotel VIP Executive, em Ponta Delgada, recebeu, ao final do dia, uma sessão de debate sobre "Segurança na Utilização dos Medicamentos e Literacia em Saúde: Profissionais de Saúde e Cidadãos”, num evento que ficou marcado pela atribuição da Medalha de Honra da OF aos farmacêuticos João Pedro Toste de Freitas e José Aires Raposos, dois históricos representantes da profissão no arquipélago.

Outros Roteiros

07 Mai'18 | Açores De ilha em ilha, com a profissão no horizonte Os Roteiros Farmacêuticos regressaram aos Açores, para mais um conjunto de visitas aos farmacêuticos do arquipélago e aos locais onde estes exercem a sua atividade,... Ler Mais
17 Abr'18 | Portalegre Fixar profissionais é o maior desafio das unidades do interior A bastonária da Ordem dos Farmacêuticos visitou no dia 17 de abril a Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA), que engloba os Hospitais Dr. José Maria... Ler Mais
19 Dez'17 | Tomar Um modelo de laboratório clínico a preservar A bastonária da Ordem dos Farmacêuticos (OF) visitou, no dia 19 de dezembro, o laboratório de análises clínicas Fernanda Galo Laboratórios, em Tomar, em mais uma... Ler Mais
18 Jul'17 | Pedrogão Grande Tragédias que despertam a solidariedade farmacêutica Enquanto estruturas de proximidade da população, as farmácias conhecem e vivem de perto os problemas das comunidades que servem. Em Pedrógão Grande, Figueiró dos... Ler Mais
12 Jul'17 | Alentejo Profissionalismo e proximidade dos farmacêuticos alentejanos Sob o tórrido e típico calor de verão alentejano, a bastonária da Ordem dos Farmacêuticos, Ana Paula Martins, visitou nos dias 10 e 12 de julho os colegas dos... Ler Mais
20 Jun'17 | Braga Gestão privada que serve o interesse público O Hospital de Braga foi considerado o melhor hospital do país na avaliação recentemente divulgada pela Entidade Reguladora da Saúde. Em vários rankings e... Ler Mais
05 Jun'17 | Lisboa Polícia Científica e Ciências Farmacêuticas com ligação umbilical O Laboratório de Polícia Científica é um dos laboratórios mais avançados do mundo, com tecnologia de ponta e recursos humanos altamente qualificados. As suas origens... Ler Mais
05 Jun'17 | Sintra A única profissão de saúde com valências na produção Os farmacêuticos de indústria estão presentes, de forma transversal, em todo o processo de desenvolvimento e produção de fármacos. Desde a direção técnica das... Ler Mais
05 Mai'17 | Trás-os-Montes e Alto Douro Bons exemplos no nordeste do país Quatro dias no interior de Portugal para conhecer as dificuldades e os desafios de quem luta diariamente contra a desertificação. O Roteiro que levou a bastonária às... Ler Mais
18 Abr'17 | Santarém Assistência farmacêutica na região do Médio Tejo A bastonária da Ordem dos Farmacêuticos, Ana Paula Martins, visitou, no dia 18 de março, o distrito de Santarém, em mais uma iniciativa integrada no projeto "Roteiros... Ler Mais
21 Mar'17 | Oeiras Profissionais de saúde no sistema de saúde prisional Impulsionados pela bastonária da Ordem dos Farmacêuticos (OF), os bastonários das Ordens dos Enfermeiros e dos Médicos acompanharam Ana Paula Martins na visita ao... Ler Mais
17 Mar'17 | Coimbra Laboratórios que prezam a qualidade e proximidade O Roteiro Farmacêutico realizado no dia 17 de março, na cidade de Coimbra, envolveu a visita a dois laboratórios de análises clínicas dirigidos por duas farmacêuticas... Ler Mais
02 Mar'17 | Lisboa Farmacêuticas nos cuidados de saúde primários Serão pouco mais de meia centena os farmacêuticos que trabalham nas cinco Administrações Regionais de Saúde do País. Na região de Lisboa e Vale do Tejo, reside um dos... Ler Mais
06 Fev'17 | Portimão Intervenção farmacêutica nos serviços públicos algarvios Na primeira vez que se deslocou ao Algarve no âmbito dos Roteiros Farmacêuticos, a bastonária contactou com três áreas distintas de intervenção profissional dos... Ler Mais
05 Dez'16 | Loures Farmácia Hospitalar em hospital PPP A bastonária da Ordem dos Farmacêuticos visitou, no dia 5 de dezembro, o Hospital Beatriz Ângelo (HBA), em Loures, onde foi recebida pelo administrador executivo,... Ler Mais
29 Nov'16 | Penafiel Dispositivos médicos de produção nacional A Bastos Viegas é um dos vários bons exemplos de empresas portuguesas altamente credenciadas a nível internacional. É referência a nível mundial na área dos... Ler Mais
29 Nov'16 | Porto Cada farmácia com a sua história e experiências Foram quatro as farmácias visitadas pela bastonária durante o Roteiro realizado na região Porto. Separadas pelo Douro ? duas no Porto; duas em Vila Nova de Gaia ?... Ler Mais
28 Nov'16 | Porto Qualidade, segurança e eficácia na terapêutica oncológica O Instituto Português de Oncologia (IPO) do Porto recebeu no dia 28 de novembro a visita da bastonária da Ordem dos Farmacêuticos. O presidente do Conselho de... Ler Mais
29 Out'16 | Ponte de Lima Uma profissão com muitas referências Manuel Pimenta é um dos mais distintos farmacêuticos do nosso País e uma personalidade de referência na vila que ostenta o título de mais antiga de Portugal: Ponte de... Ler Mais
28 Out'16 | Vila Nova de Gaia Farmacêuticos hospitalares compensam com esforço o subfinanciamento da saúde Em visita aos Serviços Farmacêuticos do Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho (CHVNG/E), a bastonária louvou o esforço dos farmacêuticos hospitalares que... Ler Mais
28 Out'16 | Porto Transformar conhecimento em valor económico A bastonária foi conhecer a incubadora de empresas da Universidade do Porto - UPTEC-Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto - para perceber os apoios... Ler Mais
23 Jul'16 | Açores Os desafios da insularidade e da descontinuidade geográfica A bastonária visitou a Região Autónoma dos Açores, entre 21 e 23 de julho para contactar com os colegas farmacêuticos açorianos e com eles analisar a atualidade do... Ler Mais
17 Jul'16 | Madeira Em contacto com os farmacêuticos madeirenses Nos dias 15, 16 e 17 de julho, a bastonária deslocou-se à Região Autónoma da Madeira, em mais uma etapa dos Roteiros Farmacêuticos, que passou pelo hospital,... Ler Mais
12 Jul'16 | Lisboa Antigas instalações da farmácia privada são agora para o ambulatório hospitalar A convite do presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar Lisboa Norte (CHLN), Carlos Martins, a bastonária da OF, Ana Paula Martins, deslocou-se no... Ler Mais
08 Jul'16 | Figueira da Foz Serviços farmacêuticos à medida da população A bastonária da Ordem dos Farmacêuticos (OF) visitou a 8 de julho a Farmácia Saúde e a Farmácia Saúde Lavos, ambas no concelho da Figueira da Foz. As diretoras... Ler Mais
25 Mai'16 | Lisboa Responsabilidade farmacêutica em oncologia Os farmacêuticos que trabalham no Instituto Português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil (IPOLFG) são responsáveis, mensalmente, pela preparação de mais de 3 mil... Ler Mais
11 Mai'16 | Vila Franca de Xira Mais de 200 farmacêuticos a servir nos arredores A "primeira etapa" dos Roteiros Farmacêuticos passou pelo concelho de Vila Franca de Xira, nos arredores de Lisboa. A bastonária visitou algumas unidades de saúde... Ler Mais